Sunday Bike Classics

Nada como um dos homens mais incríveis de nossa história testando a própria trajetória – e movido pelas próprias pernas – , para provar que somos muito mais do que seres inertes dependentes de nossos carros. Decidamente, a velocidade da luz não está presente nos nossos engarrafamentos.

Uma resposta

  1. […] (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: