Massa Crítica nessa sexta-feira em Porto Alegre

A edição de maio da Massa Crítica de Porto Alegre acontecerá nessa sexta-feira, saindo do Largo Zumbi dos Palmares por volta das 19h00. O evento ocorre 3 meses e 2 dias depois do incidente que envolveu a tentativa de homicidio do bancário Ricardo José Neis contra 150 ciclistas, dos quais cerca de 17 ficaram feridos. Três meses em que a Justiça realizou esforços em dois pólos: no de dar uma punição exemplar ao criminoso, mas também de garantir sua liberdade enquanto não é julgado.

Foram três meses em que houve mudanças na abordagem do tema cicloativismo na mídia nacional, e também, de forma ainda tímida, mas louvável, na administração municipal de Porto Alegre, que passou a se reunir com cidadãos ciclistas para que medidas imediatas de educação no trânsito e infraestrutura cicloviária sejam realizadas. Outros #naofoiacidente aconteceram no país sem a devida repercussão. Acusaram ciclistas de empreender uma “guerra” contra motoristas. Outros veículos, em resposta indireta, veicularam centenas de matérias e reportagens mostrando o desrespeito contra ciclistas e a bicicleta como solução para problemas de mobilidade e excesso de poluição. Mudanças e, principalmente, mobilização, estão ocorrendo em um ritmo muito mais acelerado do que sempre aconteceram, pela força das mídias e das redes sociais. E assim a bicicleta dá o tom de sua velocidade, que não é apenas física, mas também social. As pessoas estão com sede de tomar a rua de volta das máquinas, e ocupá-la com suas vidas, seus rostos e seus gestos.

Vamos participar?

5 Respostas

  1. Sou de Sorocaba, cidade do interior de SP. Não sei se sabe, mas nossa fundação se deve aos tropeiros gaúchos. E, coincidentemente, um forte movimento pelo ciclismo fez com que, hoje, pudéssemos ter uma rede de ciclovias, pelas quais já se pode dar a volta e/ou atravessar toda a cidade. Da origem tropeira, com os cavalos, à atualidade com as bikes, fizemos nossa estória de forma muito semelhante. Gosto disso… Excelente seu blog. Abçs

  2. Oi Lilian!
    Que legal. Eu não sabia dessa parte dos tropeiros. Mas sei da excelente estrutura cicloviária e da cultura da bicicleta. Acho um grande orgulho para a cidade.🙂 Espero que consigamos conquistar isso por aqui também. Apareça sempre que quiser!

    Abraço,
    Lívia.

  3. Por certo conseguirão. Diz o hino de vcs que devem mostrar ‘valor e constância nesta ímpia e injusta guerra’. Então, que “sirvam suas façanhas de modelo a toda terra”. Aparecerei sim e, também você, quando vier a SP. Será um prazer recebê-la em Sorocaba, que dista apenas 50 minutos da capital. (Ops… De carro, claro. De bike ou a cavalo é um tantinho mais demorado rsrsrs) Abçs

  4. GRACAS A DEUS ACHEI TEU BLOG!!!!!!!
    Otimo site! Era tudo o que estava procurando!!
    Bah! Faz meses que descobri o Cycle Chic e sempre que vejo as fotos de gente “chic” e de ciclovias bem planejadas, me dava uma baita inveja!
    Lembro da minha Monark Brisa e das minhas inumeras aventuras com meu irmao pelas ruas da zona norte, que ha 20 anos atras soh dava a gurizada de bici pra cima e pra baixo!!!
    Hoje quando volto a Porto me apavoro com o horror do transito e da poluicao!!
    Tah na hora de tirar da garagem as bicis e de pedalar com seguranca como antigamente!
    To indo pra POA no mes que vem e nao vejo a hora de pedalar por toda a cidade!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: