Ano novo, nova atitude

Autoria: Livia Araújo

Muita coisa boa aconteceu em 2011. Principalmente no que diz respeito à consciência da necessidade de mudar. Os indignados despertaram para a luta e, melhor, lutaram com dignidade mesmo sob a forte oposição dos ditadores do senso comum. Com quem advoga pelo ciclismo como meio de transporte não foi diferente. Para provar que nem sempre é a caneta do governante que provoca melhorias, a atitude nas ruas mudou porque, nós ciclistas, estamos deixando de nos tornar invisíveis para fazermos parte do trânsito. E um trânsito com mais bicicletas e, principalmente, mais respeito entre todos, é o que desejo para todos nós em 2012.

Anúncios