Pronto, falei

O que vocês achariam se eu dissesse que, em 2010, somente no Brasil, caíram 188 Boeings 737 sem NENHUM sobrevivente? Imaginem o drama das famílias, o caos na aviação civil, o medo de voar. Pois bem: essas 40.610 pessoas morreram sim, mas não em acidentes aéreos. Elas tiveram suas vidas tiradas em “acidentes” de trânsito no Brasil no ano passado.

Por isso só tenho a aplaudir a decisão do STF em transformar em CRIME a prática de dirigir embriagado. E aplaudo também considerarem a possibilidade de fazer criminosos que provocarem incidentes graves (por embriaguez ou infrações comprovadas) ressarcir ao INSS os danos que causarem. Pensem nisso e em todas as infrações cometidas diariamente: as ultrapassagens pela direita, o não-respeito à faixa de pedestres, a cerveja inocente, os 10km/h além do limite da via: são eles, além de absurdos ainda piores, que fazem com que o Brasil apresente números de guerra no trânsito. Responsabilidade por nossos próprios atos salvam vidas.

E, desculpem: mas justificar nossos erros pelos erros de outros motoristas (“todo mundo fura o sinal vermelho, ele não usa capacete, ele não atravessa na faixa”), pedestres e ciclistas é coisa de quem não assume a idade adulta que deveria ter.

O país da bicicleta

São Vicente-SP

Ibaté-SP

Crato-CE

Santos - SP

É o Brasil, em matéria bem interessante do site O Eco, da qual compilo a tabela das cidades brasileiras com mais ciclovias por habitante. Nas fotos, gente pedalando em Santos-SP, São Vicente-SP, Crato-CE e outras cidades de um Brasil que enxerga além da bolha do carro.

Capitais com mais quilômetros de ciclovias por habitante

Estado/Cidade/Pop. Estimada (2006)/Km de ciclovia/Centímetros por habitante

ES – Vitória – 317.085 – 23 – 7,25

AC – Rio Branco – 314,127 – 22,5 7,16

PR – Curitiba – 1.788.559 – 120 – 6,71

SC – Florianópolis – 406.564 0 25 – 6,15

SE – Aracaju – 505.286 – 28 – 5,54

Isso entre as capitais. Há muitas cidades de pequeno e médio portes em que existem tanto muitos quilômetros de ciclovia quanto gente para percorrê-las, como nas fotos.

No entanto, há aquelas capitais que precisam rever seu plano de mobilidade e aumentar a proporção de ciclovias por habitante. Porto Alegre, com 6 km de ciclovias para uma população de 1.440.939 em 2006, está entre elas, já que a proporção é de 0,42 cm de ciclovia por habitante.