Tour du monde

A largada do Tour de France, a maior e mais tradicional volta ciclística do mundo, será em Roterdã neste ano. O vídeo promocional da prova foi feito exaltando uma das melhores coisas da cidade – assim como de tantas outras na Holanda: o trânsito cotidiano de bicicletas e seu uso integrado a outros meios de transporte na cidade. A emoção do esporte somada ao exercício pleno do ir-e-vir, coisa na qual nós, brasileiros, ainda somos “subdesenvolvidos”.

Lá estão as ruas, cheias de gente que se move de todas as maneiras – inclusive de carro. Diferente dos comerciais de automóveis, em que a rua sempre está deserta e o motorista fictício pode exercer a ilusão da velocidade. Mas ainda vamos muito devagar: nos engarrafamentos e na iniciativa da mudança.

Citando o blog da ONG Transporte Ativo: “Os atletas internacionais tornam-se menores diante das pedaladas cotidianas, que definem o caminho que de toda uma cidade em direção ao futuro que almeja”.

Os ciclos da vida

A linda animação do holandês (as bicicletas não são por acaso) Michael Dudok de Wit, “Father and Daughter”, ganhou o Oscar da categoria em 2000. Doce e emocionante.

Nosso sonho é a realidade deles

A Holanda é longe e a cultura da mobilidade por bicicleta é bem arraigada. Mas Bogotá é aqui do lado e as ciclovias são recentes. Vi esse interessante vídeo no Pedaleiro.